Medicina Especialidade Gastroenterologia

A estenose péptica do esôfago ocorre em 7% a 23% dos pacientes portadores de doença do refluxo gastroesofágico. Com relação à estenose péptica, assinale a opção correta.

  • A.

    Uma fase inicial com edema e inflamação reversível do esôfago até a progressão para o depósito de colágeno e fibrose irreversível caracteriza o processo de formação da estenose.

  • B.

    Quando associada ao esôfago de Barrett, a estenose péptica situa-se mais distal da migração cefálica da transição escamocolunar.

  • C.

    A dilatação endoscópica visa a melhorar a disfagia e dispensa o uso de inibidor de bomba de prótons no controle clínico da estenose péptica do esôfago.

  • D.

    A hérnia de hiato por deslizamento e alterações motoras de terço proximal de esôfago são fatores de risco para estenose péptica.

  • E.

    A disfagia de caráter progressivo e a ingesta alimentar baseada em alimentos mais consistentes são os principais sintomas de estenose péptica de esôfago.