Medicina Especialidade Gastroenterologia

Quanto à hemorragia digestiva alta varicosa, assinale a opção correta.

  • A.

    A perfuração da parede esofágica é uma complicação frequente e grave da escleroterapia endoscópica de varizes esofágicas sangrantes.

  • B.

    A febre e a bacteremia são complicações raras da escleroterapia endoscópica, com resolução espontânea em até 48 horas com uso de antitérmicos.

  • C.

    Entre as indicações de ligadura elástica profilática, estão os casos de varizes esofageanas de grosso calibre com red spots em pacientes intolerantes ao betabloqueador oral.

  • D.

    Quanto melhor a função hepática do paciente hepatopata, maior o risco de ruptura das varizes esofágicas.

  • E.

    Nos casos de recidiva da hemorragia digestiva alta varicosa em cirróticos Child-Pugh A compensados, cogita-se a derivação transjugular portossistêmica (TIPS) ou cirurgia.