Medicina Especialidade Gastroenterologia

Texto para as questões 79 e 80

Uma paciente moradora de rua, com quarenta e cinco anos de idade, etilista, foi atendida no serviço de emergência, com queixa de dor abdominal aguda, de forte intensidade, associada a náuseas e vômitos, com início havia seis horas. Ao exame, a paciente estava normocorada, hidratada, acianótica, anictérica e afebril. Durante o exame do abdome, a paciente relatou dor epigástrica, mas não apresentou sinais de irritação peritoneal. Os demais aspectos do exame não apresentaram alterações. O valor da amilase foi dosado, com resultado de 600 UI (valor normal até 120 UI). No dia seguinte, foi realizada uma ecografia que, contudo, não demonstrou litíase biliar ou dilatação da árvore biliar.

Admitindo que o caso clínico refere-se a uma pancreatite aguda, assinale a opção correta considerando a importância da definição etiológica.

  • A.

    A hipertrigliceridemia será especialmente suspeita se a dosagem de triglicerídeos alcançar 300 mg/dL.

  • B.

    A colangiopancreatografia endoscópica é indicada nas primeiras setenta e duas horas para realização de wirsunografia.

  • C.

    Apesar de não haver descrição de radiografia simples de abdome com presença de calcificações, a possibilidade de etiologia alcoólica se impõe, ainda que na forma de uma pancreatite crônica agudizada.

  • D.

    A realização de tomografia está contraindicada nas primeiras duas semanas.

  • E.

    É indicada a realização de uma colangiopancreatografia retrógrada endoscópica nas primeiras quarenta e oito horas de admissão com papilotomia.