Medicina Especialidade Genética

A não-disjunção meiótica é o mecanismo de mutação mais comum na espécie humana. É responsável pela ocorrência de anormalidades cromossômicas em grande parte das gravidezes reconhecidas. A não-disjunção de cromossomos autossomos ocorre com

  • A.

    maior frequência na meiose I paterna.

  • B.

    maior frequência na meiose II paterna.

  • C.

    maior frequência na meiose I materna.

  • D.

    maior frequência na meiose II materna.

  • E.

    igual frequência tanto na espermatogênese, quanto na ovocitogênese.