Medicina Especialidade Geriatria

Antônia, filha única, responsável por cuidar da mãe de setenta anos de idade há um ano, durante a consulta de sua mãe para acompanhamento de doença de Alzheimer, pediu ao geriatra para prescrever um sonífero à paciente. Relatou que está esgotada e que não aguenta mais cuidar dela. Há suspeita até mesmo de que a paciente tem sido submetida a maus-tratos. Nessa situação, assinale a alternativa que apresenta a melhor atitude a ser tomada, além da avaliação clínica.

  • A.

    Notificar à delegacia do idoso para que seja providenciada uma advertência à filha, garantido, assim, o direito da idosa.

  • B.

    Não tocar no assunto durante a consulta e não anotar nada no prontuário, já que a filha é a única que pode cuidar da mãe.

  • C.

    Comunicar o fato à assistente social e marcar uma nova consulta próxima.

  • D.

    Notificar à promotoria do idoso para que esta fique atenta e dar o sonífero para a filha administrar à paciente.

  • E.

    Encaminhar a idosa imediatamente para um asilo.