Medicina Especialidade Ginecologia

Paciente, 23 anos, G2P1A0, comparece ao Pronto Atendimento relatando atra-so menstrual de quatro semanas, dor no baixo ventre e sangramento genital discreto. Ao exame físico, apresentava-se taquicárdica e hipotensa, com dor à palpação da fossa ilíaca esquerda e útero discretamente aumentado de volume. Os exames laboratoriais revelaram: β-hCG>1.500UI/ml; Hemoglobina: 10,3g/dL; Hematócrito: 30,9%; Leucócitos: 10.330/mm3 e urina rotina sem alterações. A ultra-sonografia pélvica endovaginal evidenciou ausência de gestação intra-uterina e massa anexial heterogênea à esquerda medindo 5,4 x 4,2 cm de diâmetro médio.

Em relação à abordagem dessa paciente, é CORRETO afirmar que:

  • A. o metotrexato (50mg IM) é a primeira opção de tratamento.
  • B. o tratamento cirúrgico por videolaparoscopia é a melhor opção de tratamen-to.
  • C. o β-hCG quantitativo deverá ser repetido a cada 24 horas até se tornar ne-gativo.
  • D. a dosagem de progesterona e estradiol deverá ser realizada para confirmar a presença de gestação ectópica.