Medicina Especialidade Ginecologia

A maior causa de mortalidade perinatal em todo o mundo é o parto pré-termo. A respeito dele, é INCORRETO afirmar:

  • A.

    Em muitos dos casos não é possível a identificação do fator causal.

  • B.

    Entre os fatores de risco maternos, podemos citar: partos prematuros anteriores, placenta prévia, corioamnionite e infecções vaginais

  • C.

    No exame do colo uterino pela ultra-sonografia transvaginal, comprimentos menores que 3,9 cm podem significar provável parto prematuro

  • D.

    A dilatação do orifício cervical interno acima de 1,0 cm no segundo trimestre pode indicar parto prematuro

  • E.

    Exame bacterioscópico e cultura de conteúdo vaginal devem ser feitos somente na primeira consulta, a fim de realizar tratamento prévio, evitando o desencadeamento do trabalho de parto pré-termo.