Medicina Especialidade Ginecologia

Mulher de 52 anos percebeu nódulo em prolongamento axilar de mama esquerda há 15 dias. Relata mamografia em 2009 sem anormalidades. Procurou serviço médico na sua cidade, onde realizou mamografia bilateral complementada por ultrassonografia mamária que evidenciou nódulo espiculado de 1,8 x 1,5 cm (classe 4c –BIRADS). O médico realizou biópsia excisional do nódulo, com resultado histopatológico de carcinoma ductalinfiltrante. A paciente veio para avaliação pelo serviço de ginecologia e encaminhamento para tratamento específico.

Escolha a alternativa CORRETA para o tratamento adequado.

  • A.

    A retirada total do nódulo e a confirmação diagnóstica indica tratamento quimioterápico imediato.

  • B.

    A biópsia excisional do nódulo não exclui a necessidade de realização de mastectomia ou quadrantectomia.

  • C.

    A ausência de avaliação das margens cirúrgicas implica na necessidade de tratamento radioterápico.

  • D.

    A quimioterapia deve ser indicada pois o tratamento cirúrgico (exérese total do nódulo) já foi realizado.

  • E.

    A dissecção axilar deve ser indicada como complementação cirúrgica, em vista da cirurgia mamária já ter sido realizada.