Medicina Especialidade Ginecologia

Considere que uma paciente de 39 anos de idade, G2P2A0, sem histórico pessoal de queixa ou doença mamária prévia, ciclos menstruais regulares, usuária de contraceptivo oral combinado, histórico familiar de tia materna portadora de câncer de mama, tenha comparecido ao ambulatório de mastologia apresentando dois nódulos mamários palpáveis em mama esquerda, um com 2 cm × 2 cm localizado em quadrante superior externo e o outro com 1,5 cm × 2,5 cm em união de quadrantes superiores, estando a mama direita e as axilas livres de alterações ao exame. Trouxe três exames de imagem, a saber: ecografia mamária realizada há dois anos, cujo laudo mostrou BI-RADS® 1; mamografia e ecografia mamária realizadas há três meses, cujos respectivos laudos mostraram BI-RADS® 4A e 3. Com base nessa situação, assinale a alternativa correta.

  • A.

    A punção aspirativa por agulha fina (PAAF) estaria bem indicada para avaliação citológica desses nódulos e, em caso de benignidade, descarta-se a possibilidade de retirada dos nódulos, mesmo que a paciente manifeste opinião contrária.

  • B.

    Para avaliação histológica desses nódulos, a core biopsy poderia ser indicada para ambos e, em caso de benignidade, é possível manter acompanhamento clínico com mamografia e ecografia mamária semestrais durante dois anos. Caso os nódulos permaneçam com as mesmas características iniciais, uma nova punção está indicada após os dois anos.

  • C.

    Na avaliação inicial para definição de conduta, pode ser descartada a necessidade de estudo histológico dos nódulos em questão, desde que se proceda a estudo citológico destes.

  • D.

    A exérese de ambos os nódulos é mandatória, independentemente de estudo citológico ou histológico, pois há risco inferido de malignidade em torno de 5%.

  • E.

    A mastectomia simples com biopsia de linfonodo sentinela está indicada após estudo citológico das lesões, mesmo em caso de benignidade, já que a paciente tem histórico familiar positivo para câncer de mama.