Medicina Especialidade Ginecologia

Uma gestante com 35 semanas de gestação foi atendida na emergência com contrações uterinas (uma a cada 5 minutos), dilatação cervical de dois centímetros e esvaecimento de 30%. O pré-natal até então estava sendo no baixo risco obstétrico. O médico dessa gestante optou pela inibição do trabalho de parto. Nessa situação,

a indometacina é uma opção adequada como agente uterolítico, por ser efetiva e não apresentar efeitos colaterais em relação ao sistema cardiovascular.

  • C. Certo
  • E. Errado