Medicina Especialidade Hemoterapia

Uma mulher procurou atendimento médico para o filho de 1 ano de idade que apresentou equimoses espontâneas e hematomas após quedas durante o aprendizado de caminhar. Referiu sangramento intenso do coto umbilical, com necessidade de transfusão de plasma para conter hemorragia. Relatou história de falecimento de dois primos por motivo de hemorragia cerebral na primeira infância, sem confirmação diagnóstica da coagulopatia. A criança apresentou exames laboratoriais normais quanto ao tempo de protrombina (TAP), tempo de tromboplastina parcialmente ativada (TTPA), tempo de trombina (TT), fibrinogênio, contagem e morfologia de plaquetas.

Com base no quadro clinico e em exames laboratoriais, o provável diagnóstico desse paciente é

  • A.

    deficiência de fator XIII.

  • B.

    síndrome de Bernard Souleir.

  • C.

    intoxicação exógena por cumarínicos.

  • D.

    hemofilia A, mesmo com TTPA normal, já que possui história familiar positiva de primos falecidos.

  • E.

    afibrinogenemia, já que esse distúrbio pode apresentar coagulograma e níveis de fibrinogênio normais.