Medicina Especialidade Herbiatria

Gabriela, de 14 anos de idade, contra sua vontade, foi levada à consulta pela mãe, muito preocupada porque a filha vem perdendo peso e está sem mestruar há 2 meses. A mãe relatou que há seis meses o pai está desempregado, o que levou a uma queda brusca na situação financeira da família e a problemas de relacionamento em casa. Desde essa época, Gabriela nega-se a sentar-se à mesa com a família para as refeições e a sair com as amigas. A mãe disse ainda que a filha nunca lhe trouxe preocupações ou problemas, sempre foi uma menina exemplar. Recentemente, diante de situações novas, ela apresenta crises nervosas com suores, tremores, náuseas e dor abdominal. Quando questionada a respeito de sua magreza, nega estar muito magra e diz ter medo de ficar gorda. Ao exame clínico, apresenta-se com palidez cutaneomucosa de ++/4, peso: 33 kg, altura: 155 cm, IMC para idade: 13,75, PA: 110 mmHg × 70 mmHg, FC = 60 bpm, Tanner M4 e P4, unhas quebradiças, sem sinais de desidratação, força muscular preservada e exame neurológico sem alterações.

Com relação ao caso clínico apresentado, julgue os itens a seguir.

Gabriela apresenta sintomas de anorexia, que, segundo os critérios definidos no DMS-IV, é uma síndrome que se caracteriza pela recusa em manter o peso nos limites considerados normais para altura/idade, pelo medo de ganhar peso, por problemas com auto-imagem corporal, pela negação da gravidade da doença e pela amenorréia.

  • C. Certo
  • E. Errado