Medicina Especialidade Herbiatria

Marcos, de 13 anos de idade, retornou ao hebiatra porque, mesmo depois de medicado por uma semana, permanecia com febre, que se acentuou nos últimos dois dias, com calafrios, falta de apetite e tosse incessante, durante o dia e a noite. A casa onde mora é pequena, úmida e está em obras para a construção de um novo quarto. Todos os irmãos, que são mais três, dormem no mesmo quarto. O médico percebeu ainda que, além dos sintomas respiratórios, o adolescente apresenta gagueira. O menino está na 4.a série, tendo repetido uma vez a 2.a série e uma vez a 3.a série. Marcos relatou que não gosta da escola, porque, quando a professora pede que leia em voz alta, sente a respiração presa, fica nervoso e tenso, o que provoca muitos risos na turma. Marcos não sabe precisar o início da gagueira. Ao exame físico, observou-se febre de 38,5 ºC, discreta dispnéia e estertores crepitantes em ambas as bases pulmonares, com ausência de broncoespasmos.

Considerando o caso clínico acima, julgue os próximos itens.

Na abordagem da questão da repetência escolar, observa-se que somente uma pequena parcela das crianças e adolescentes repetentes apresentam problemas de saúde, tais como distúrbios visuais, auditivos ou neurológicos. A repetência escolar, portanto, constitui um problema exclusivo do aluno, com que a escola e a família podem colaborar.

  • C. Certo
  • E. Errado