Medicina Especialidade Infectologia

A.F.S., 55 anos, masculino, lavrador, refere dispneia aos grandes esforços, tosse produtiva com expectoração mucoide, anorexia e perda de peso de 6 kg em 4 meses. Nega tabagismo. Realizou uma radiografia simples de tórax que revelou lesões intersticiais bilaterais do tipo reticolunodular localizadas em terços médios dos pulmões. Foi realizada uma pesquisa para fungos no escarro que evidenciou Paracoccidioidis brasiliensis. A sorologia para paracoccidioidomicose foi negativa. Analise as afirmativas abaixo e assinale a CORRETA.

  • A.

    O quadro radiológico, acima descrito, é compatível com tuberculose pulmonar e não com paracoccidioidomicose.

  • B.

    Para a confirmação de paracoccidioidomicose pulmonar a sorologia deve ser positiva.

  • C.

    O miconazol ou o cetoconazol são medicamentos de 1ª linha para o tratamento.

  • D.

    O exame citológico do lavado brônquico revelará predomínio de eosinófilos.

  • E.

    A duração do tratamento varia em função de vários fatores: grau de imunossupressão, presença e intensidade de desnutrição, virulência do P. brasiliensis e do esquema terapêutico utilizado.