Medicina Especialidade Infectologia

Sobre a forma meningoencefálica da tuberculose é CORRETO afirmar que:

  • A.

    as características liquóricas evidenciam uma hipoglicorraquia, hipoproteinemia, cloretos aumentados e pleocitose compredominância de polimorfonucleares;

  • B.

    não se admite o uso de corticosteroides nesse tipo de meningoencefalite;

  • C.

    o esquema preconizado para casos da forma meninoencefálica em adultos e adolescentes consiste em doses fixas combinadas por nove meses, sendo dois meses de rifampicina (R), isoniazida (H) e pirazinamida (Z) seguidos de sete meses de rifampicina e isoniazida em doses que variam conforme o peso;

  • D.

    a cultura do líquor é frequentemente positiva, mostrando-se um teste valioso no diagnóstico da doença;

  • E.

    sinais de irritação meníngea, comprometimento dos pares cranianos e alterações cerebelares são achados comuns.