Medicina Especialidade Infectologia

Em relação ao tratamento de pacientes co-infectados com tuberculose e HIV, julgue os seguintes itens.

Preconiza-se o uso rotineiro de profilaxia secundária com isoniazida para os pacientes co-infectados após tratamento de sucesso com o esquema inicial, independentemente da contagem de linfócitos T CD4+.

  • C. Certo
  • E. Errado