Medicina Especialidade Infectologia

Uma puérpera com dez dias pós-parto vaginal procurou um pediatra para a primeira consulta de puericultura, a fim de receber orientação acerca da melhor conduta nutricional para o seu filho. A criança, que nascera no tempo correto de gestação, pesando 3.500 g, era amamentada exclusivamente ao seio, não apresentou intercorrências até o sétimo dia de vida e pesava, no dia da consulta, 3.450 g. Nessa consulta, a mãe relatou que, por trabalhar distante de casa, teria de se ausentar por nove horas diárias a partir do término de sua licença-maternidade, quando a criança teria 120 dias, ou quatro meses de vida, e que gostaria muito de continuar amamentando seu filho.

Considerando a situação hipotética acima, julgue os itens a seguir, acerca das melhores práticas de alimentação no primeiro ano de vida.

A partir dos 6 meses de vida, uma criança não tem suas necessidades nutricionais supridas apenas pelo leite materno. Após essa fase da vida, normalmente, a criança atinge maturidade geral, digestiva e neurológica para consumir novos alimentos, que devem ser introduzidos de maneira gradual em relação à qualidade, quantidade e consistência, até que, entre 9 e 12 meses de vida, a criança possa receber os alimentos normalmente consumidos pela família.

  • C. Certo
  • E. Errado