Medicina Especialidade Intensiva

Com relação ao transtorno da coagulação que está associado a doença hepática terminal, assinale a alternativa correta.

  • A.

    O deficit mais precoce e mais significativo é habitualmente observado nos níveis de Fator VII.

  • B.

    O sangramento espontâneo é comum, não havendo necessidade de defeito anatômico associado, como varizes esofágicas ou procedimentos invasivos.

  • C.

    O tratamento mais frequente consiste na reposição de crioprecipitado para repor o fibrinogênio depletado.

  • D.

    Mesmo após o transplante hepático, o sistema hemostático necessita de reposição e ajustes para normalização.

  • E.

    Os níveis de fibrinogênio são os mais precocemente afetados.