Medicina Especialidade Intensiva

Uma mulher de 35 anos de idade foi internada por quadro de pielonefrite aguda e evoluiu para choque séptico. No exame clínico, apresentava-se sonolenta, com pressão arterial de 80 mmHg × 50 mmHg, frequência cardíaca de 130 bpm, frequência respiratória de 30 irpm, saturação de oxigênio = 80% e nível arterial da pressão parcial de oxigênio (PAO2) de 50 mmHg, em ar ambiente. A radiografia de tórax mostrava infiltrado pulmonar difuso.

 Acerca desse caso clínico, julgue os seguintes itens.

Caso a paciente evolua com necessidade de intubação traqueal e ventilação mecânica e, na gasometria de controle, se observe nível arterial pressão parcial de gás carbônico (PaCO2) de 65 mmHg e pH = 7,22, estará indicado aumentar o volume corrente para 8 a 10 mL/kg, pois a hipercapnia permissiva não deve ultrapassar PaCO2 de 55 mmHg.

  • C. Certo
  • E. Errado