Medicina Especialidade Intensiva

Um homem com 65 anos de idade, previamente anticoagulado em decorrência do diagnóstico de fibrilação atrial crônica, foi internado por hemorragia digestiva alta. O paciente recebeu duas unidades de concentrado de hemácias e plasma. Após cerca de quatro horas da última transfusão, ele começou a apresentar piora do padrão respiratório, que evoluiu de forma rápida e progressiva, sendo necessárias a intubação orotraqueal e a ventilação mecânica. Na radiografia de tórax, foi observado infiltrado pulmonar difuso bilateral.

Acerca dessa situação clínica, julgue os próximos itens.

O paciente não deve receber mais nenhum hemoderivado dos mesmos doadores dos hemoderivados que precederam o início do quadro respiratório.
  • C. Certo
  • E. Errado