Medicina Especialidade Intensiva

Um paciente, com setenta e três anos de idade, hipertenso, asmático e diabético, foi admitido na emergência de um hospital há vinte e quatro horas com infarto agudo de miocárdico (IAM) de parede inferior, tendo sido tratado com trombolítico. Agora, apresenta-se com diminuição de sensório, hipotensão acentuada, discreta dispneia e frequência cardíaca de 84 bpm, estase jugular importante a 45 graus, sibilos esparsos pulmonares. Foi instalado cateter de Swan-Ganz que mostra: IC = 2,2 L/min/m2, pressão de átrio D = 20 mmHg, pressão de capilar pulmonar = 12 mmHg, índice de resistência vascular sistêmico elevado.

Assinale a opção que indica o provável diagnóstico e a melhor conduta terapêutica inicial nessa situação.

  • A.

    choque cardiogênico/tratamento com altas doses de fármacos inotrópicos e vasodilatadores

  • B.

    edema agudo de pulmão/tratamento com fármacos inotrópicos, vasodilatadores e diuréticos

  • C.

    IAM com comprometimento de ventrículo direito (VD)/tratamento com expansão volêmica, fármacos vasoativo e diuréticos

  • D.

    IAM com comprometimento de VE/tratamento com fármaco vasoativo como dobutamina

  • E.

    IAM com comprometimento de ventrículo direito (VD)/tratamento com expansão volêmica