Medicina Especialidade Intensiva

Com relação à arritmia no pós-operatório de cirurgias torácicas, assinale a opção correta.

  • A.

    A fibrilação atrial é condição rara, em geral, associada a distúrbios metabólicos e ácido-básicos.

  • B.

    A profilaxia da fibrilação atrial deve ser sempre realizada com digitálicos ou bloqueadores de canal de cálcio.

  • C.

    A fibrilação atrial é a manifestação mais comum e seu de tratamento deve ser cardioversão elétrica ou química, de acordo com estado clínico do paciente.

  • D.

    A presença de extrassístoles ventriculares, especialmente no idoso, exige sempre tratamento agressivo com antiarrítmicos, principalmente nas formas monomórficas isoladas, a fim de se evitar evolução para taquicardia ventricular.

  • E.

    O flutter é a condição mais frequente de arritmia no pósoperatório e a abordagem deve ser com fármacos com altas taxas de sucesso, algo em torno de 80 % a 90 % dos casos.