Medicina Especialidade Intensiva

Com relação à terapia antimicrobiana, assinale a opção correta.

  • A.

    O rodízio de antibióticos na UTI, alternando agentes de classes diferentes, deve ser evitado nos hospitais, por não haver evidências que deem suporte a essa estratégia.

  • B.

    Entre os principais fatores de risco para candidemia em UTI, estão: presença de cateter venoso central, alta pontuação no APACHE II, hemodiálise, perfuração do trato gastrointestinal e uso prolongado de antibióticos.

  • C.

    A terapêutica de escolha para as Klebsiellas pneumoniae produtoras de carbapenemases (KPCs) é a associação de carbapenêmicos com aminoglicosídeos.

  • D.

    A resistência dos enterococos à vancomicina é por mutação cromossômica. Devido a isso, a melhor opção terapêutica são as cefalosporinas de 4.ª geração.

  • E.

    A presença de comorbidades como diabetes, neoplasias e insuficiência renal crônica, embora contribua negativamente para o mau prognóstico dos pacientes internados em UTI, não constituem fator de risco para o desenvolvimento de multirresistência microbiana.