Medicina Especialidade Intensiva

Com relação às opções terapêuticas para o tratamento da taquicardia supraventricular no período neonatal, é correto afirmar que

  • A.

    a cardioversão elétrica está indicada quando houver sinais de baixo débito e deverá ser a conduta de escolha quando as outras medidas não tenham tido sucesso, na dose de 1 a 2 joule/kg após sedação.

  • B.

    as crises, mesmo esporádicas, de curta duração e com reversão espontânea, necessitam de tratamento.

  • C.

    não se deve usar a manobra Vagal no período neonatal, uma vez que existe o elevado risco de vômitos e, consequentemente, de broncoaspiração.

  • D.

    a adenosina é uma opção para o recém-nascido sintomático na dose de 0,1 a 0,2 mg/kg EV rápido (1 a 2 segundos) em bolus, máximo 12mg. Poderá ser repetida a cada 2-4 minutos. Não se deve exceder a dose de 0,25mg/kg ou 12mg no total.

  • E.

    a amiodarona é outra droga útil aos recém-nascidos sintomáticos, devendo-se utilizar uma dose de ataque de 10 mg/kg em 30-60min EV, com monitorização cardíaca e controle rigoroso durante toda a infusão, devido ao risco de assistolia.