Medicina Especialidade Mastologia

Na avaliação da doença residual mamária após quimioterapia primária, pode-mos afirmar, EXCETO:

  • A. A mamografia é o mais confiável dos exames objetivos.
  • B. É freqüente a correspondência entre imagens radiológicas e achados histo-patológicos.
  • C. A resposta patológica completa é um fator prognóstico independente da sobrevida.
  • D. A presença de microcalcificações persistentes no interior ou nas vizinhanças do tumor torna inevitável a sua remoção completa e o exame radiológico intraoperatório que demonstre a exérese completa.