Medicina Especialidade Mastologia

“Selecionada, bebê nasce na Inglaterra sem gene para câncer de mama” – trata-se de manchete em jornal londrino divulgada em passado relativamente recente.

Muitos estudos têm sido realizados acerca da relação entre a genética e o câncer de mama. Estudos vêm estabelecendo uma correlação direta entre a presença de mutações germinativas em genes de suscetibilidade e o desenvolvimento do câncer de mama e ovário. Parcela significativa da doença está associada à herança de mutações altamente penetrantes nos genes

  • A.

    CIC.

  • B.

    FUBP1.

  • C.

    BRCA.

  • D.

    STAG2.

  • E.

    p53.