Medicina Especialidade Medicina do Trabalho

L.S., 35 anos, operador de utilidades em refinaria de petróleos há 7 anos, exposto a ruído de 90 dB em uma jornada de trabalho de 8 horas diárias. Refere utilizar o protetor auricular de forma esporádica. O exame audiométrico admissional foi normal e o último exame realizado há 1 ano mostrou entalhe na faixa entre 4.000 e 6.000 Hz. Em relação ao quadro apresentado, é correto afirmar que:

  • A.

    a exposição continuada a esses níveis de ruído irá alargar e aprofundar o entalhe na curva audiométrica;

  • B.

    a permanência no local não deveria ultrapassar 6 horas de trabalho, para não elevar o risco de trauma acústico;

  • C.

    a perda auditiva esperada para esse trabalhador é do tipo condutiva, bilateral e irreversível;

  • D.

    a perda auditiva esperada para esse trabalhador é do tipo neurossensorial, unilateral e irreversível;

  • E.

    a CAT não deverá ser emitida pela empresa, devido ao uso irregular do EPI pelo trabalhador.