Medicina Especialidade Medicina do Trabalho

De um lado, o grande número de acidentes do trabalho é grave problema social em nosso país. De outro, os estudiosos do tema no Brasil e no mundo têm criticado fortemente as conclusões de várias análises de acidentes conduzidas no âmbito de empresas e de algumas instâncias governamentais e as concepções teóricas e metodológicas que lhes dão suporte.

 

Ildeberto M. de Almeida e José M. J. Filho. Acidentes e sua prevenção.

RBSO, v. 32, n.º 115, jan./jun./2007, p. 8. Internet: <www.bvsms.saude.gov.br>.

 

Tendo como referência o texto acima, julgue os itens que se seguem.

O pequeno número médio de fatores apontados como envolvidos nas origens de acidentes e o fato de esses acidentes serem vistos como fenômenos individuais — ou, no máximo, restritos a um dos componentes do sistema sociotécnico aberto envolvido na atividade que era desenvolvida —, estão entre as principais críticas às análises oficiais comumente realizadas.

  • C. Certo
  • E. Errado