Medicina Especialidade Medicina do Trabalho

Uma mulher de cinquenta anos de idade relatou durante consulta médica que, há três semanas, após a separação conjugal, vem apresentando, ao longo de quase todo o dia, humor deprimido, perda de energia, capacidade de pensar reduzida, vontade de dormir por várias horas (inclusive no período diurno) e sensação de culpa excessiva pelo processo de separação. Negou ter outras doenças. O exame clínico realizado não revelou alterações fisiológicas relevantes.

Considerando essa situação clínica, julgue os itens que se seguem.

O uso de medicamento inibidor seletivo da recaptação de serotonina, como citalopram, é uma opção terapêutica nesse caso, apesar de esses medicamentos causarem efeitos colaterais associados a alterações em algumas propriedades elementares do coração, a exemplo de automatismo, condutibilidade e contratilidade.

  • C. Certo
  • E. Errado