Medicina Especialidade Medicina do Trabalho

João estava viajando de Vitória para o Rio de Janeiro, onde faria um curso de capacitação durante uma semana, às expensas da empresa onde trabalha, indicado pela sua chefe. Estava guiando seu próprio automóvel, quando sofreu um acidente de trânsito, causado por um motorista embriagado, vindo a apresentar uma fratura na tíbia esquerda. O acidente sofrido por João

  • A.

    equipara-se a acidente do trabalho.

  • B.

    não pode ser considerado acidente de trabalho, pois utilizava veículo de sua propriedade.

  • C.

    não é acidente de trabalho, pois foi causado por um motorista embriagado, ou seja, uma fatalidade.

  • D.

    não se trata de acidente de trabalho, pois não foi nem um acidente típico, nem um acidente de percurso, no trajeto habitual da residência para o local de trabalho ou deste para aquela.

  • E.

    não pode ser equiparado a acidente de trabalho pois, embora viajasse às expensas da empresa, a viagem não era de trabalho, mas de estudo.