Medicina Especialidade Medicina do Trabalho

NÃO está definido na Portaria/MS n° 3.120/1998 que

  • a.

    tem que haver CONTROLE SOCIAL.

  • b.

    tem que existir a INTERSETORIALIDADE.

  • c.

    a INTERSETORIALIDADE é a articulação das ações com setores implicados na Saúde do Trabalhador, como os Ministérios do Trabalho e Emprego, Previdência Social, Meio Ambiente, Agricultura, Educação e Ministério Público, entre outros.

  • d.

    trabalhadores e suas organizações devem estar envolvidos em todas as etapas do processo, na identificação das demandas, no planejamento, no estabelecimento de prioridades, na definição das estratégias, na execução, no acompanhamento, na avaliação das ações e no controle da aplicação de recursos.

  • e.

    nos termos da Política Nacional recentemente definida, as ações de Saúde do Trabalhador na rede de serviços devem ser assumidas pelo Sistema como um todo, tendo como porta de entrada a rede básica de saúde e como retaguarda técnica os Centros de Referência em Saúde do Trabalhador.