Medicina Especialidade Medicina do Trabalho

Os agentes químicos que causaram, de maneira sinérgica, a anóxia tecidual

  • A.

    apresentam mecanismos fisiopatológicos diferentes, um age ligando-se reversivelmente à hemoglobina, competindo com o oxigênio, e o outro age ligando-se reversivelmente ao íon férrico (Fe3).

  • B.

    apresentam mecanismos fisiopatológicos diferentes, um age ligando-se irreversivelmente à hemoglobina e o outro age diretamente no centro respiratório, promovendo a inibição do sistema citocromo oxidase, o que promove a diminuição da utilização de oxigênio pelos tecidos e a elevação da PO2 no sangue venoso.

  • C.

    ligam-se fortemente à hemoglobina, à mioglobina e ao citocromo nos tecidos, acarretando hipóxia tecidual por dois mecanismos: diminuição da capacidade de transporte de oxigênio e alteração da curva de saturação da oxi-hemoglobina para a esquerda, o que diminui a liberação de oxigênio para o tecido.

  • D.

    ligam-se irreversivelmente ao íon férrico (Fe3) no sistema citromo-oxidase-mitocondrial, provocando incapacidade de utilização do oxigênio com diminuição da fosforilação oxidativa, o que resulta em metabolismo anaeróbico, redução de ATP, produção de ácido lático com acidose metabólica e hipoxemia tecidual.

  • E.

    agem diretamente no centro respiratório e provocam inibição do sistema citocromo oxidase, o que promove a diminuição da utilização de oxigênio pelos tecidos, e a elevação da PO2 no sangue venoso.