Medicina Especialidade Medicina do Trabalho

É permitido ao médico

  • A.

    intervir, quando em função de auditor, assistente técnico ou perito, nos atos profissionais de outro médico, ou fazer qualquer apreciação em presença do examinado.

  • B.

    modificar, quando na função de perito, procedimentos terapêuticos instituídos desde que seja em situações de urgência, emergência ou perigo de morte iminente do paciente, e que comunique o fato por escrito ao médico assistente.

  • C.

    realizar exames médico-periciais de corpo de delito em seres humanos no interior de prédios ou de dependências de delegacias de polícia, unidades militares, casas de detenção e presídios.

  • D.

    deixar de esclarecer o paciente ou o seu representante legal sobre procedimento a ser realizado, dispensando seu consentimento, salvo em caso de risco iminente de morte.

  • E.

    participar da decisão de suspender meios artificiais para prolongar a vida ou do diagnóstico de morte do doador na condição de médico pertencente à equipe de transplante.