Medicina Especialidade Medicina do Trabalho

Em relação à atuação do médico do trabalho no combate ao tabagismo, é correto afirmar:
  • A. A abordagem ao trabalhador tabagista pode ser iniciada já no exame admissional ou na primeira consulta do trabalhador, ou mesmo nos exames periódicos, quando o médico do trabalho pode identificar os tabagistas e definir o padrão de dependência do tabaco entre os funcionários da empresa.
  • B. Em trabalhadores tabagistas, sem nenhuma outra alteração clínica, é fundamental que o médico do trabalho insista na mudança rápida dos hábitos de vida já no primeiro contato, como no exame admissional, por exemplo, uma vez que essa intervenção pode fazer com que o trabalhador abandone o vício precocemente, sem a instalação de uma doença relacionada.
  • C. O grau de dependência do trabalhador à nicotina pode ser evidenciado a partir do terceiro encontro do médico do trabalho com esse trabalhador.
  • D. O médico do trabalho deve ser claro e preciso na abordagem, demonstrando que, sem a sua ajuda, o trabalhador dificilmente conseguirá largar o vício, uma vez que sua autoeficácia é prejudicada pelo tabaco.
  • E. O médico do trabalho deve incentivar o trabalhador que obteve sucesso no tratamento a colocar-se à prova, ou seja, enfrentar o cigarro como um “inimigo definitivamente vencido”, para comprovar a eficácia e o sucesso definitivo do tratamento.