Medicina Especialidade Nefrologia

Julgue os itens de 24 a 29, relativos à legislação aplicável aos transplantes no Brasil.

Considere o seguinte quadro clínico. Um paciente de quarenta e cinco anos de idade, vítima de politraumatismo grave, com traumatismo craniencefálico, foi atendido em unidade de neurocríticos e submetido a craniectomia descompressiva. No terceiro dia pós-operatório, por apresentar anisocoria e não apresentar incursões respiratórias, ele foi submetido a provas clínicas para morte encefálica, que confirmaram o diagnóstico. No momento do diagnóstico, o paciente apresentava creatinina sérica de 0,8 mg/dL, EAS sem alterações, proteinúria negativa, sorologias para hepatites B, C, HIV e HTLV negativas. Durante a entrevista familiar, a mãe informou que outros membros da família sofriam de doença renal e já estavam em tratamento hemodialítico por doença renal policística, mas esclareceu que o filho apresentava apenas seis cistos em um único rim e não tinha alteração de função renal, pois se consultava anualmente com nefrologista, e manifestara o desejo de ser doador de órgãos após sua morte. Nesse quadro clínico, o potencial doador não deve ser validado como doador renal por apresentar doença estrutural.

  • C. Certo
  • E. Errado