Medicina Especialidade Nefrologia

Alterações no metabolismo do oxalato, urato, cálcio, potássio e cistina são causas de nefropatia tubulointersticial crônica. Entre as afirmativas abaixo, é verdadeiro que:

  • A.

    a hiperoxalúria primária raramente evolui para a insuficiência renal crônica e, quando o faz, geralmente é a partir dos 60 anos de idade.

  • B.

    a hipercalcemia persistente afeta primariamente a medula renal, onde o cálcio é concentrado em meio tubular ácido.

  • C.

    a cistinose é uma alteração autossômica dominante, que raramente evolui para a insuf iciência renal avançada, quando diagnosticada na infância.

  • D.

    a principal lesão renal da hiperuricemia crônica é a glomerulosclerose segmentar e focal.

  • E.

    a hipopotassemia pode levar a alterações histológicas renais, principalmente nos túbulos distais, que não desaparecem com a reposição do potássio.