Medicina Especialidade Nefrologia

A interação entre coração e rim, cuja disfunção de qualquer um deles conduz à desordem do outro, é normalmente referida como síndrome cardiorrenal. Em 2010, Ronco e colaboradores classificaram essa disfunção orgânica dupla em cinco categorias, evidenciando a interação complexa e bidirecional da falência cardíaca e renal, aguda e crônica. Com relação a esse assunto, considere o seguinte caso clínico. Um paciente de quarenta e oito anos de idade, sexo masculino, apresenta cronicamente insuficiência cardíaca classe IV por miocardiopatia primária, elevação da ureia e da creatinina sanguíneas e taxa de filtração glomerular estimada de 50 mL/min/1,73 m2 de superfície corporal . O exame do sedimento urinário é normal; a proteinúria de 24 horas, de 130 mg e a concentração do sódio na urina de 24 horas, menor do que 25 mEq/L.

Considerando as informações e o quadro clínico descrito, julgue os próximos itens.

A síndrome cardiorrenal secundária (tipo 5) caracteriza-se pela presença de uma doença sistêmica que provoca lesão ou disfunção simultânea do rim e do coração.

  • C. Certo
  • E. Errado