Medicina Especialidade Nefrologia

Um paciente de 35 anos, sexo masculino, com insuficiência renal crônica terminal encontra-se sob terapia hemodialítica há 5 anos. No momento atual, cursa com dislipidemia, anúria, albumina sérica diminuída e tem obesidade mórbida desde a infância. Apresenta hérnia em incisão de cirurgia de apendicectomia, que ocorreu há 20 anos. Atualmente pesa 128 Kg. Ele reside em um sítio distante do centro de diálise e pede orientação para mudar de terapia renal substitutiva de hemodiálise para diálise peritoneal. Qual deve ser a sua orientação médica?

  • A.

    Um paciente de 35 anos, sexo masculino, com insuficiência renal crônica terminal encontra-se sob terapia hemodialítica há 5 anos. No momento atual, cursa com dislipidemia, anúria, albumina sérica diminuída e tem obesidade mórbida Indicar a implantação do cateter peritoneal e treinamento, pois o paciente mora distante dos centros de nefrologia

  • B.

    Orientar que o paciente perca peso rapidamente até atingir um IMC abaixo de 30 para depois iniciar a diálise peritoneal.

  • C.

    Orientar sobre a diálise peritoneal, mas contra-indicar este tipo de tratamento para este paciente.

  • D.

    Indicar implante do cateter abdominal com omentectomia primária e correção da hérnia e iniciar diálise peritoneal a seguir.

  • E.

    Orientar que o paciente se mude para a cidade e neste momento você indicará o início da diálise peritoneal porque facilitará o tratamento das possíveis complicações