Medicina Especialidade Nefrologia

Um paciente, com cinquenta e seis anos de idade, tabagista, diagnosticada com diabetes melito há mais de vinte anos, não insulino-dependente, hipertenso controlado, que toma 10 mg/dia de amlodipina e glucoformina 850 mg duas vezes ao dia, relatou na última avaliação médica que sua dieta é irregular. Os exames médicos por ele realizados, durante essa avaliação, evidenciaram os seguintes resultados: microalbuminúria = 60 μg/min; creatinina sérica =1,4 mg/dL; potássio sérico = 4,8 mEq/L e hemoglobina glicosilada = 7,5 %.

A partir desse caso clínico, assinale a opção correta.

  • A.

    Os níveis de pressão arterial e o hábito de fumar não são fatores de risco para a progressão da nefropatia.

  • B.

    A utilização de drogas inibidoras da enzima de conversão da angiotensina ou inibidoras do receptor AT1 da angiotensina está contraindicada no caso de tendência à hiperpotassemia.

  • C.

    A ausência de elevada excreção urinária de albumina exclui o diagnóstico de nefropatia diabética.

  • D.

    Em pacientes com diabetes tipo II, o aparecimento da nefropatia diabética é muito raro.

  • E.

    Em pacientes com diabetes tipo II, a presença de microalbuminúria é um marcador de risco para doenças cardiovasculares.