Medicina Especialidade Cirurgias Neurocirurgia

Um engenheiro com 37 anos de idade, previamente saudável, procurou atendimento médico com história de oito meses de galactorréia e disfunção erétil. A prolactina sérica era de 326 ng/mL. A ressonância magnética nuclear de sela turca confirmou a presença de lesão selar, com expansão supra-selar medindo 1,3 cm × 1,2 cm × 1,4 cm. A campimetria computadorizada não apresentou alterações apreciáveis.

Com base nesse caso clínico, julgue os próximos itens.

A ausência de sinais de invasão de parênquima cerebral pelo tumor, à ressonância nuclear magnética da sela turca do paciente, não exclui a possibilidade de adenocarcinoma hipofisário.

  • C. Certo
  • E. Errado