Medicina Especialidade Cirurgias Neurocirurgia

Uma paciente de 52 anos de idade, do lar, há três anos com história de depressão de difícil tratamento associada a incontinência urinária, apresentou, ao exame clínico, síndrome frontal, anosmia, atrofia óptica à direita, papiledema à esquerda. TC de crânio evidencia volumosa lesão hiperdensa, bem delimitada, bifrontal, com importante captação de contraste e edema circunjacente.

Com base nesse quadro clínico, julgue os próximos itens.

Nessa situação, o tratamento cirúrgico é a única opção de cura. O acesso, usualmente, é por via bicoronal, sendo que a grande dificuldade intra-operatória é a dissecção das estruturas neurovasculares.

  • C. Certo
  • E. Errado