Medicina Especialidade Cirurgias Neurocirurgia

O atendimento adequado à criança vítima de traumatismo consiste em mais do que a simples aplicação dos princípios de atendimento dos adultos a uma pessoa pequena. É necessário adotar medidas eficazes para prevenção de acidentes. De acordo com essas informações, assinale a opção correta.

  • A.

    O traumatismo crânio-encefálico (TCE) não é frequente na maioria das crianças vitimas de trauma.

  • B.

    O TCE pode ser classificado quanto ao mecanismo, gravidade ou morfologia. Quanto à gravidade e baseada na escala de coma de Glasgow (ECG), pode ser leve (ECG 14 e 15), moderada (ECG 9a 13) ou grave (ECG 3 a 8). A ECG é utilizada também como parâmetro evolutivo e como índice prognóstico, devendo ser interpretada com cautela em pacientes com hipóxia, hipotensão arterial ou após o uso de sedativos e bloqueadores neuromusculares, álcool ou outros fármacos.

  • C.

    Trauma abdominal aberto é a mais comum entre as lesões traumáticas que envolvem o abdômen, correspondendo a cerca de 90% dos casos. É a principal causa de óbito por trauma por lesão não reconhecida.

  • D.

    As soluções coloidais (sangue, plasma, albumina) não são os expansores volêmicos mais eficazes, pois tendem a se deslocar do intravascular e se dissipar para o interstício.

  • E.

    O trauma é uma das principais causas de morte e de sequelas em crianças e adolescentes no mundo. No Brasil, é a principal causa de morte em crianças com idade acima de cinco anos, responsável por 90% dos óbitos na adolescência.