Questões de Concurso de Neurologia - Medicina

Ver outros assuntos dessa disciplina Navegar questão a questão

Questão 803783

Secretaria de Estado da Saúde - DF (SES/DF) 2016 (2ª edição)

Cargo: Médico Residente - Pré Requisito: Neurologia / Questão 1

Banca: Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE)

Nível: Superior

Pacientes portadores de síndrome de Brown-Séquard apresentam perda da sensibilidade profunda do mesmo lado da lesão.
  • C. Certo
  • E. Errado

Questão 803789

Secretaria de Estado da Saúde - DF (SES/DF) 2016 (2ª edição)

Cargo: Médico Residente - Pré Requisito: Neurologia / Questão 7

Banca: Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE)

Nível: Superior

Um paciente de sessenta e um anos de idade, com histórico de cefaleia latejante intensa, bilateral, de localização frontotemporal, iniciada havia três semanas, foi trazido pela família ao pronto-socorro devido ao agravamento recente desse quadro, incluindo dificuldades para a alimentação devido à dor intensa com a mastigação. O paciente apresentava também deterioração recente da acuidade visual.

Com relação ao caso clínico descrito, julgue os itens a seguir.

O diagnóstico mais provável para o caso do referido paciente é glioblastoma.
  • C. Certo
  • E. Errado

Questão 803848

Secretaria de Estado da Saúde - DF (SES/DF) 2016 (2ª edição)

Cargo: Médico Residente - Pré Requisito: Neurologia / Questão 66

Banca: Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE)

Nível: Superior

Tendo em vista que o consumo de álcool está relacionado a diversas doenças do sistema nervoso, julgue os itens a seguir. A neuropatia periférica induzida por álcool é predominantemente autonômica e desmielinizante, o que torna o paciente mais suscetível a neuropatias compressivas.
  • C. Certo
  • E. Errado

Questão 913530

Hospital Risoleta Tolentino Neves - RN (HRTN/RN) 2017

Cargo: Médico Horizontal - Área Neurologia / Questão 21

Banca:

Nível: Superior

Analise o caso clínico a seguir.

Paciente de 68 anos de idade com quadro de diabete mellitus, hipertensão arterial e acidente vascular encefálico no passado é admitida na unidade de emergência com vertigem aguda há 3 horas acompanhada de náuseas e vômitos. O exame clínico apresenta-se com a paciente incapaz de deambular e com tendência à queda para o lado esquerdo, nistagmo unidirecional para direita, com melhora na mirada para esquerda e piora para direita. Equilíbrio axial com tendência para cair para o lado esquerdo. Restante do exame neurológico normal.

Qual é a topografia comprometida nesse caso?

  • A. Labirinto esquerdo
  • B. Divisão superior do nervo vestibular esquerdo
  • C. Nervo vestibular direito
  • D. Labirinto direito

Questão 913531

Hospital Risoleta Tolentino Neves - RN (HRTN/RN) 2017

Cargo: Médico Horizontal - Área Neurologia / Questão 22

Banca:

Nível: Superior

Analise o caso clínico a seguir.

Paciente de 35 anos de idade é admitida no hospital com cefaleia de início súbito há 72 horas. Exame clínico com rigidez de nuca e não apresenta febre.

Qual é a alteração eletrolítica que pode estar associada a esse quadro?

  • A. Hipocalemia
  • B. Hipernatremia
  • C. Hiponatremia
  • D. Hipercalemia

Questão 913532

Hospital Risoleta Tolentino Neves - RN (HRTN/RN) 2017

Cargo: Médico Horizontal - Área Neurologia / Questão 23

Banca:

Nível: Superior

INSTRUÇÃO: Considere um paciente de 60 anos de idade com fibrilação atrial não valvar, sexo masculino, diabético e hipertensão arterial para responder às questões 23 e 24.

INSTRUÇÃO: Considere um paciente de 60 anos de idade com fibrilação atrial não valvar, sexo masculino, diabético e hipertensão arterial para responder às questões 23 e 24.


Qual é o CHADS2-VASc para cálculo do risco de acidente vascular cerebral cardioembólico secundário à fibrilação atrial?

  • A. 3
  • B. 4
  • C. 1
  • D. 2

Questão 913533

Hospital Risoleta Tolentino Neves - RN (HRTN/RN) 2017

Cargo: Médico Horizontal - Área Neurologia / Questão 24

Banca:

Nível: Superior

INSTRUÇÃO: Considere um paciente de 60 anos de idade com fibrilação atrial não valvar, sexo masculino, diabético e hipertensão arterial para responder às questões 23 e 24.

INSTRUÇÃO: Considere um paciente de 60 anos de idade com fibrilação atrial não valvar, sexo masculino, diabético e hipertensão arterial para responder às questões 23 e 24.

Qual é o CHADS2-VASc para cálculo do risco de acidente vascular cerebral cardioembólico secundário à fibrilação atrial?

  • A. Entre 4-5%
  • B. Entre 1-2%
  • C. Acima de 5%
  • D. Entre 2,0-3%

Questão 913534

Hospital Risoleta Tolentino Neves - RN (HRTN/RN) 2017

Cargo: Médico Horizontal - Área Neurologia / Questão 25

Banca:

Nível: Superior

INSTRUÇÃO: Considere um paciente de 60 anos de idade com fibrilação atrial não valvar, sexo masculino, diabético e hipertensão arterial para responder às questões 23 e 24.

Analise o caso clínico a seguir.

Paciente de 68 anos de idade, sexo masculino, é admitido com hemiplegia direita, cefaleia e redução do nível de consciência. A tomografia computadorizada de crânio apresenta hematoma em núcleos da base à esquerda. A injeção de contraste na fase aguda identifica pequeno foco de contraste junto ao hematoma (spot sign).

Assinale a assertiva verdadeira em relação à presença do spot sign.

  • A. É uma resposta ao uso do fator VII na emergência.
  • B. É um indicador radiológico de expansão do hematoma nas horas subsequentes.
  • C. É um sinal radiológico de hematoma secundário à neoplasia.
  • D. É um sinal radiológico de dissecção do ramo M1 da artéria cerebral média.

Questão 913535

Hospital Risoleta Tolentino Neves - RN (HRTN/RN) 2017

Cargo: Médico Horizontal - Área Neurologia / Questão 26

Banca:

Nível: Superior

INSTRUÇÃO: Considere um paciente de 60 anos de idade com fibrilação atrial não valvar, sexo masculino, diabético e hipertensão arterial para responder às questões 23 e 24.

Analise o caso clínico a seguir.

Paciente de 70 anos de idade, não hipertenso, diabético, apresenta-se com hematoma em polo temporal direito com leve efeito de massa. Tem passado de dois eventos com acidente vascular cerebral hemorrágico em territórios diferentes (subcortical parietal e lobo occipital).

Qual é a etiologia mais provável do acidente vascular cerebral hemorrágico desse paciente?

  • A. Angiopatia amiloide
  • B. Metástase cerebral
  • C. Trauma
  • D. Cavernomas múltiplos

Questão 913536

Hospital Risoleta Tolentino Neves - RN (HRTN/RN) 2017

Cargo: Médico Horizontal - Área Neurologia / Questão 27

Banca:

Nível: Superior

INSTRUÇÃO: Considere um paciente de 60 anos de idade com fibrilação atrial não valvar, sexo masculino, diabético e hipertensão arterial para responder às questões 23 e 24. Qual alteração comportamental é a mais presente em pacientes portadores de delirium?
  • A. Depressão
  • B. Desatenção
  • C. Agitação
  • D. Alucinação auditiva