Medicina Especialidade Neurologia

I.A.S., sexo masculino, 19 anos, estudante de engenharia. Apresenta freqüentes abalos mioclônicos ao despertar, crises tônico-clônicas generalizadas e, por vezes, crises de ausência, desde os 16 anos. Exame neurológico normal. Bom rendimento escolar. EEG revelou complexos generalizados de polipontasonda a 3–5 Hz, com atividade de base normal.

Assinale a alternativa correta.

  • A.

    Considerando-se a Classificação Internacional das Síndromes Epilépticas (1989) este paciente é portador de epilepsia ausência juvenil.

  • B.

    A etiologia desta epilepsia é sintomática uma vez que registramos paroxismos de polipontas-onda generalizados.

  • C.

    O tratamento com drogas antiepilépticas é desnecessário já que o EEG revela atividade elétrica cerebral de base normal.

  • D.

    O caso acima corresponde à Epilepsia mioclônica juvenil, portanto, o tratamento com droga antiepiléptica deve ser feito por longos períodos para evitar recidivas de crises.

  • E.

    Considerando-se a Classificação Internacional das Crises Epilépticas (1981) o diagnóstico adequado é de crises parciais simples, evoluindo para crises parciais complexas com generalização secundária.