Medicina Especialidade Neurologia

Texto para as questões 31 e 32

 

Um pedreiro de 47 anos de idade foi internado em prontosocorro queixando-se de dor em região dorsal e fraqueza nos membros inferiores. O paciente informou que o quadro álgico havia iniciado havia mais de oito meses e a fraqueza havia mais de trinta dias. Procurou o pronto-socorro por ter ficado, na semana anterior, com as pernas paralisadas. Durante anamnese foi identificado constipação, retenção urinária, disfunção erétil, episódios de febre vespertina havia três meses e etilismo crônico de 20 anos. Por meio de exame neurológico, constatou-se nível sensitivo em T5, paraparesia de predomínio distal, pior à direita, reflexos vivos, com clônus de pé direito e reflexo cutâneo-plantar em extensão, bilateralmente.

Diante do quadro clínico acima apresentado, a hipótese diagnóstica mais provável é de

  • A.

    polirradiculoneuropatia inflamatória desmielinizante crônica (PIDC).

  • B.

    compressão medular por abscesso tuberculoso paraespinhal.

  • C. síndrome de Guillain-Barré.
  • D. pielonefrite.
  • E. meningeoma parassagital.