Medicina Especialidade Neurologia

Um morador de rua, etilista e epiléptico de longa data, com aproximadamente 50 anos de idade, foi levado ao pronto-socorro após ter apresentado uma convulsão. Ao ser admitido, notaram-se higiene precária e hálito alcoólico ausente. O paciente começou a verbalizar e apresentar discurso confuso, não apresentava deficit de força e não conseguia deambular por desequilíbrio intenso. Negava náuseas e cefaléia. Mesmo com apoio bilateral, a marcha era oscilante para os lados (marcha ebriosa). Tinha sutil tremor de extremidades em membros superiores e discreto estrabismo convergente. Ao exame físico, foram evidenciadas extremidades frias, descamação em mãos e pés e edema em membros inferiores.

Diante desse quadro hipotético, assinale a opção que apresenta o possível diagnóstico e a conduta mais adequada a ser tomada.

  • A.

    hematoma subdural crônico - introduzir drogas antiepilépticas e, em seguida, liberar o paciente

  • B.

    hematoma subdural agudo - providenciar ressonância de crânio e neurocirugia de urgência.

  • C.

    encefalopatia de Korsakoff - iniciar cianocobalamina IM e glicose hipertônica, o mais rápido possível

  • D.

    encefalopatia de Wernicke - iniciar tiamina IM e investigar outras possíveis doenças carenciais

  • E.

    síndrome de abstinência etílica - oferecer ao paciente 10mL de álcool a 70% .