Medicina Especialidade Neurologia

A hidrocefalia obstrutiva, ou não-comunicante, desenvolve-se na criança, mais comumente, como conseqüência de anormalidade do aqueduto de Sylvius ou de alguma lesão no quarto ventrículo. A avaliação de criança portadora de hidrocefalia deve ser iniciada pela história clínica, visando identificar doenças infecciosas ocorridas na vida intra-uterina e indícios de malformações em antecedentes familiares. O aumento do perímetro craniano, regularmente acompanhado, é referencial importante para a suspeita da hidrocefalia. Julgue os itens a seguir, com relação a essa patologia.

A meningoencefalite produzida pelo vírus da caxumba adquirido na vida intra-uterina pode ser causa de obstrução do aqueduto de Sylvius.

  • C. Certo
  • E. Errado