Medicina Especialidade Neurologia

Em relação às complicações neurológicas da infecção por HIV, quando o paciente apresenta lesão encefálica, em geral há necessidade de investigar algumas doenças associadas mais comuns. Dentre estas doenças é importante fazer diagnóstico diferencial entre neurotoxoplasmose e linfoma primário do SNC. Sobre estas duas patologias é CORRETO afirmar que, em geral:

  • A.

    na sequência em difusão da ressonância magnética de crânio a toxoplasmose geralmente apresenta lesão hiperintensa e o linfoma lesão hipointensa;

  • B.

    na avaliação por SPECT usando tálio como radioisótopo, o linfoma é considerado lesão “fria” (sem captação de tálio) e a toxoplasmose é considerada lesão “quente” (com captação de tálio);

  • C.

    na imagem ponderada em T2 da ressonância magnética de crânio a lesão do linfoma aparece hiperintensa e a lesão da toxoplasmose apareceisointensa a hipointensa;

  • D.

    lesão solitária na ressonância de crânio fala mais favor de toxoplasmose do que de linfoma;

  • E.

    na avaliação por espectroscopia na ressonância de crânio a toxoplasmose apresenta aumento marcante de lactato e o linfoma apresenta aumento marcante de colina.