Medicina Especialidade Neurologia

Uma senhora de 45 anos de idade, previamente sadia, notou leve desvio da rima labial para a direita há um mês. Há dois dias, vêm ocorrendo episódios de curta duração, que se iniciam com sensação de odor desconhecido, seguido por sensação de desorientação, o que faz deixar de reconhecer ambientes familiares como sua própria casa. Ocorrem cerca de sete episódios ao dia. Ela continua realizando seus afazeres domésticos rotineiramente. Não apresentou febre, tosse, dor abdominal, alterações urinárias ou fecais. O exame clínico mostra paciente consciente, orientada, sem oftalmoplegias, com fundo de olho normal. Há leve hemiparesia esquerda que envolve a hemiface e MSE. Não há sinal de Babinski. Os exames de sangue, incluindo hemograma, VHS, PCR, eletrólitos, glicose, ureia, transaminases, radiografia de tórax, foram normais. Uma ressonância magnética de crânio mostrou os achados a seguir.

Os dados clínicos associados aos dados de neuroimagem apontam para o diagnóstico de

  • A.

    astrocitoma de baixo grau.

  • B.

    glioblastoma multiforme.

  • C.

    gliomatose cerebral difusa.

  • D.

    encefalite focal.

  • E.

    neurotoxoplasmose.