Medicina Especialidade Neurologia

Paciente masculino, 60 anos de idade, sem hábitos tóxicos e história de saúde anterior, é trazido pelo familiar por apresentar, desde o dia anterior, febre não aferida, três episódios de vômitos sem náuseas e prostração. No pronto-atendimento apresentou uma convulsão tônico-clônica generalizada. O médico, ao proceder ao exame, constata sinais clínicos de irritação meníngea. São sinais clínicos de irritação meníngea:

  • A.

    Rigidez de nuca, sinal de Lasègue e sinal de Kernig.

  • B.

    Rigidez de nuca, sinal de Kernig e sinal de Lhermitte.

  • C.

    Rigidez de nuca, sinal de Kernig e sinal de Brudzinski.

  • D.

    Rigidez de nuca, sinal de Brudzinski e sinal de Gowers.

  • E.

    Rigidez de nuca, sinal de Babinski e sinal de Brudzinski.